Telefones inteligentes

Telefones inteligentes

Novo Galaxy dá mais um passo à frente dos rivais

Com novas funções e um hardware poderoso, o novo smartphone da Samsung tira o iPhone 5 da berlinda


A Samsung confirmou as expectativas ao apresentar, mais uma vez, um smartphone com recursos de hardware mais avançados do que seus concorrentes – que, geralmente, só dão a resposta meses depois, ao colocar no mercado seus modelos com características semelhantes. A fabricante coreana anunciou o Galaxy S4, dando um passo adiante em itens como resolução de tela – agora full HD – e um processador poderoso, com nada menos do que oito núcleos de 1,6 GHz para Ásia e Europa e quatro núcleos de 1,9 GHz na versão padrão que chega em 25 de abril.
O Brasil está entre os 155 países que vão receber o aparelho em sua data de estreia mundial. Já com acordo de comercialização firmado com todas as operadoras de telefonia brasileiras, a Samsung deve lançar o modelo mais básico do S4 – com 16 GB de armazenamento interno e conectividade 3G – pelo preço de R$ 2.399. Há ainda versões de 32 e 64 GB, bem como com conexão 4G (LTE). Como de praxe, o dispositivo poderá ter seu custo subsidiado em até 50% na compra atrelada a contratos de planos pós-pagos das operadoras.
“O Galaxy S4 é sim um avanço no mercado como um todo, sem sombra de dúvidas. O S III eu já achava superior ao iPhone 5”, comenta o consultor Arthur Bezerra Matos. O Galaxy S 4 segue os mesmos traços de design do modelo anterior, Galaxy S III. Mas, já “de cara”, ele se destaca por sua tela. São 5 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), deixando o aparelho com densidade de 441 pontos por polegadas (ppi) – mais do que os 326 ppi do iPhone 5, com sua tela de 4 polegadas. “A badalada tela de retina da Apple cai quando comparada à tela atual da fabricante coreana”, diz Arthur Bezerra.
Apesar dessa grandiosidade em suas dimensões e na qualidade de imagem, o novo Galaxy é mais fino e menos pesado do que o seu antecessor, que tem tela de 4,8 polegadas. Comandado pelos sistema Android Jelly Bean 4.2.2, o S4 também supera antecessor e concorrentes com sua memória RAM de 2 GB, com sua câmera principal de 13 megapixels (contra 8 MP do anterior), além de trazer recursos de software que tiram um bom proveito do hardware. Exemplo disso são as funções que interagem com os olhos e gestos do usuário. O aparelho usa a câmera para detectar se o usuário está olhando para a tela e, caso não esteja, pausa a execução de um vídeo, por exemplo. Sem precisar tocar na tela, por meio de gestos, é possível também pular uma música que está sendo tocada no aparelho, mudar de página no navegador de internet. Ao aproximar o dedo da tela, ainda sem tocá-la, o usuário pode ver a prévia de cada e-mail recebido. Esses recursos se tornam úteis para quem está com o aparelho em situações em que as mãos estão sujas ou ocupadas.
Outra função de boa utilidade é a “S Translator”, que traduz, em texto e voz, frases captadas pelo microfone do aparelho ou digitadas pelo usuário. O software trabalha com 10 idiomas, entre eles português brasileiro, o que pode ser muito útil para viajantes e estudantes de idiomas.
O S Voice, recurso de voz herdado do Galaxy S III, ganhou uma nova versão chamada “S Voice Drive”, dedicada ao uso do aparelho ao volante. Com ele, o usuário pode ouvir suas mensagens de texto em voz alta e ainda interagir com o aparelho por comandos de voz, sem precisar ficar de olho na tela.
Para quem gosta de tirar fotos com o celular, o S4 também captura imagens de suas duas câmeras (frontal e traseira) ao mesmo tempo. Há novos recursos de edição de imagem e de adição de sons e clipes de áudio às fotos.
O aparelho ganhou ainda um emissor de raios infravermelhos, que permite seu uso como controle remoto de televisores e equipamentos de ar-condicionado. Este recurso também é oferecido pelo smartphone One, da HTC – um bom lançamento que entra na briga dos smartphones juntamente com outros nomes, como o Lumia 920, da Nokia.

O que faltou
Por falar em rivais, o que se pode comentar de negativo sobre o Galaxy S 4 na comparação com eles é a falta do recurso de recarga de bateria sem fio (presente no Lumia) e o material do seu acabamento externo. O S4 fica para trás quando comparado ao belo acabamento do HTC One – e também ao do iPhone 5.
Com sua nova criação mantendo os mesmos traços do predecessor, a impressão que se tem é que a Samsung se preocupou mais com o hardware poderoso e suas funções criativas do que em dar um passo adiante também em termos de design. Masa estratégia pode significar uma busca por oferecer um produto de ponta sem resultar em um aparelho mais pesado no bolso, em todos os sentidos.

OPINIÃO DO ESPECIALISTA
S4 merece lugar de destaque
Arthur matos
Consultor
Sou fã de bons produtos. É gritante a diferença e quão limitado é o iPhone 5 em relação ao Galaxy S4. Quanto mais olhamos, mais percebemos diferenças… A versão anterior, Galaxy S III, já é comparável, com larga superioridade, ao iPhone 5. Concorrentes? O S4 não possui. Sony Xperia ZQ, LG Optimus G, Nexus 4, BlackBerry Z10, iPhone 5… Não percebo concorrentes, nem próximos.
Quanto ao seu corpo em policarbonato, o S4 tem menor resistência a pancadas diretas. Entretanto, isso traz menor peso e menor deterioração em ambientes de maresia e de variação térmica. Uma capinha de boa qualidade resolve esse “problema”. Mas o iPhone 5 também não dispensa uso de capas, apesar de possuir uma estrutura melhor desenvolvida. É um ponto positivo para a Apple, mas não muito significativo.
A placa gráfica do iPhone tem como função compensar seu fraco processador. Ela é uma Power VR SGX 543MP3, chamada triple-core. A placa gráfica do Samsung é de mesmo fornecedor, uma Power VR SGX 544MP3, uma versão mais atualizada, mais potente. A superioridade também se dá levando em consideração os 2GB de RAM do S4, contra apenas 1GB do iPhone 5. Quanto à bateria, uma queixa comum dos usuários de smartphones, o iPhone vem com uma de 1440mAh, contra a de 2600mAh do S4. Incomparável! Honestamente, eu não colocaria iPhone 5 e S4 na mesma prateleira. Colocaria o S4 à parte,

Recursos
Smart Scroll/Pause: Função que detecta o movimento da face e do pulso para rolagem de página durante a leitura ou navegação, sem necessidade de toque. Se o usuário parar de olhar para a tela, o aparelho pausa a exibição de vídeos.
Air Gesture: O usuário pode mudar uma faixa de música ou virar uma página sem tocar a tela, apenas com um gesto próximo à tela.
S Translator: Traduz mensagens em voz e texto automaticamente. Disponível em 10 línguas, incluindo português do Brasil.
Home Sync: Sincroniza as fotos do com outros dispositivos.
Dual Camera: Uso simultâneo das duas câmeras do aparelho.
Group play: Conexão sem fio entre vários S4 próximos para jogar games e ouvir músicas, entre outras opções.

Envie sua mensagem:

Nome:

Email:

Mensagem: