Internet e seu empreendimento – Qual a tecnologia mais adequada?

Internet e seu empreendimento – Qual a tecnologia mais adequada?

Os filmes de faroeste jamais serão os mesmos. O cenário que costuma mostrar lugares isolados e sem qualquer comunicação está mudando – e não é para menos. Hoje, a tecnologia para acessar a internet se libertou dos cabos e já dá para capturar os dados de praticamente qualquer lugar, seja um pequeno escritório, um aeroporto, hotéis e até mesmo em locais onde não há luz elétrica. Isso acontece graças a três tecnologias, a wi-fi, internet móvel via celular 3G (terceira geração) e wimax – que permitem o acesso a rede sem fio.Com elas, o empresário pode tomar decisões importantes mesmo estando longe do escritório ou em viagens ao exterior. E ainda pode ter informações em tempo real de seus representantes nas ruas.

Resta saber, é claro, qual dessas tecnologias é a mais adequada ao seu empreendimento. Para isso é preciso entender como cada uma delas funciona. A rede sem fio wi-fi conecta computadores com a ajuda de um roteador (aparelho que recebe e encaminha dados) ligado a um modem de acesso à internet (Speedy, Vírtua ou Ajato). As informações são enviadas, via sinal de rádio, para uma antena, responsável por espalhar o sinal a uma distância de45 metros. Assim, todos os equipamentos que estiverem nessa faixa de alcance poderão usufruir da conexão pela internet. Um roteador custa cerca de R$ 199,00 e um escritório grande, com vários andares, pode colocar mais de um roteador, de forma a cobrir todo o espaço. O sistema permite colocar uma senha para evitar que outras pessoas que estejam em escritórios ou casas próximos à sua empresa usufruam de sua conexão. Vários donos de restaurantes, cafés e lojas adotaram esse sistema para que seus clientes usem seus notebooks. Trata-se de um diferencial, um conforto a mais e talvez até um fator de aumento de vendas, já que os fregueses podem ficar mais tempo no estabelecimento, consumindo, sem a preocupação de ter que voltar rápido para o escritório para responder a e-mails e tomar decisões.

TECNOLOGIA MÓVEL EM AÇÃO

Os45 metrosdo wi-fi são poucos para você que visita clientes distantes? Não tem problema. Você consegue receber relatórios de vendas com o automóvel em movimento, checar a situação do estoque ou ainda estar no parque após a corrida e verificar seus e-mails com um minimodem que se encaixa no notebook. A tecnologia é oferecida pelas operadoras de celulares, em serviço de acesso à internet banda larga pelo sistema de telefonia celular 3G. Isso significa que seu acesso à internet será feito como se fosse uma ligação telefônica.

Para isso, você precisará de um minimodem 3G, que pode ser conectado via porta USB ou um cartão PCMCIA ou ainda um Express Card (pequenas placas que fazem a função de interligar a web com o equipamento móvel). Esses dispositivos são fornecidos pelas operadoras de telefonia quando se compra o serviço. Há também alguns notebooks, como da HP e da Microboard, que trazem essas placas já acopladas. Se você quiser conexões mais rápidas, a mensalidade aumentará na mesma proporção. Em geral, as operadoras montam pacotes específicos para pequenas e médias empresas. Você não tem como usar o chip 3G, que está acoplado ao minimodem, para fazer ligações telefônicas, mas dá perfeitamente para enviar e receber torpedos (SMS) para os contatos armazenadosem seu Outlooke outros aplicativos de agenda e e-mails.

Para os lugares onde a torre de celular não alcança, a solução é uma nova tecnologia chamada wimax, que conecta via satélite os locais mais inacessíveis do planeta. O serviço está sendo implementado pela gigante americana da informática Intel e também pela operadora de telefonia Embratel. No Brasil, algumas cidades das regiões Sudeste, Norte e Nordeste, principalmente, contam com o serviço. Ao contrário da rede convencional, que usa a infra-estrutura das linhas telefônicas para fazer a conexão com a internet, o wimax só exige a instalação de uma torre que possa receber os sinais dos satélites para retransmiti-los a notebooks num raio de50 quilômetros. Como algumas das regiões menos habitadas não são devidamente atendidas pelas empresas de telecomunicação, o wimax surge como alternativa eficiente e barata para ligá-las à rede global. Trata-se de uma evolução do wi-fi, ainda com poucas redes. Mas a idéia é que, a médio prazo, ele leve a internet a locais onde nunca se imaginou ter acesso.

Envie sua mensagem:

Nome:

Email:

Mensagem: